Internacionalização


O Programa de Pós-graduação em Promoção de Saúde mantém parcerias de intercâmbios com instituições do Brasil e do exterior.

Confira as Instituições:

Albert Einstein College of MedicineNova Iorque – EUA
Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa
Universidade do Minho
Portugal
Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto – HCFMRP-USPRibeirão Preto – Brasil
Universidad de HavanaHavana – Cuba
Universidad Nacional de la Amazonia PeruanaIquitos – Peru
Universidad Politécnica de Madrid
Universidade de Alicante
Espanha
Universidade Estadual Paulista – UNESPFranca – Brasil
The University of AlabamaAlabama – EUA

 
Doutorado construído em regime Cotutela
Data: dia 08 de maio de 2020, às 14h via collaborate.
Título: Percepção da maternidade e paternidade de estudantes universitários em dois contextos: Brasil e Espanha.
Instituição: Doutorado construído em regime Cotutela pelo Programa Mestrado e Doutorado de Promoção de Saúde da Universidade de Franca e o Departamento Enfermaria Comunitária, Medicina Preventiva e Saúde Pública da Universidade de Alicante, Espanha.
Brasil orientadora Profa. Dra. Marisa Afonso Andrade Brunherotti
Alicante orientador Prof. Dr. Jose Ramon Martinez Riera
Banca:
Profa. Dra. Maria Georgina Marques Tonello – Unifran
Profa. Dra. Maysa Venturoso Gongora Buckeridge Serra – Unifran
Profa. Dra. Helena Maria Scherlowski Leal David –UERJ
Prof. Dr. Vicente Gea Caballero – Universidad de Valencia

Doutoranda de Maria da Glória Aragão Martins Ferreira
A aluna Maria da Gloria A. Martins-Ferreira, do programa de pós-graduação Stricto Sensu Doutorado em Promoção de Saúde da Unifran em regime de cotutela de tese em parceria internacional com a Universidade de Alicante na Espanha que teve como orientadora a Prof. Dra Marisa A. A. Brunherotti e o Prof. Dr. José Ramón Martinez-Rierira, defendeu no dia 08 de maio a tese intitulada – Percepção da maternidade e paternidade de estudantes universitários em dois contextos: Brasil e Espanha. Uma importante pesquisa, pois segundo a definição utilizada pela Rede Ibero-Americana de Universidades Promotoras de Saúde (RIUPS) há um compromisso das universidades para desenvolver uma cultura de Promoção de Saúde dentro das Instituições com alcance para o ambiente externo. Com este trabalho, os pesquisadores esperam impulsionar algumas ações, como por exemplo, o desenvolvimento de regulamentos e políticas institucionais para propiciar ambientes favoráveis no que tange a uma maternidade/paternidade saudável e sustentável, também, o desenvolvimento de ações de formação acadêmica em Promoção da Saúde e educação para a saúde com capacitações à comunidade universitária com ênfase na maternidade e paternidade e, não só no ambiente universitário, mas com alcance a toda comunidade.

Internacionalização