Grupos de Pesquisa


  • Selecione outro idioma

Grupos e/ou temas de estudo:


GEFESE – Grupo de Estudos em Fisiologia do Exercício aplicada à Saúde e ao Esporte

Líder do Grupo: Prof. Dr. Daniel dos Santos.

O grupo estuda aspectos relacionados às práticas de atividades físicas e esportes em diferentes populações (indivíduos sedentários, fisicamente ativos e atletas), com foco em estratégias de Promoção da Saúde e performance atlética. Tem como objetivo promover a integração das atividades ensino, pesquisa e extensão. O GEFESE é constituído por docentes e pós-graduandos do curso de Mestrado e Doutorado em Promoção de Saúde, docentes e discentes do curso de Educação Física da Universidade de Franca, bem como de docentes convidados de outras instituições de ensino do Brasil . As atividades deste grupo estão inseridas no Laboratório de Fisiologia do Exercício e Promoção da Saúde (LAFEX-PS).

 GENPS – Grupo de Estudos em Nutrição e Promoção da Saúde

Líder do Grupo: Profa. Dra. Fabíola Pansani Maníglia.

Este grupo tem como objetivo estudar e desenvolver pesquisas e atividades de extensão para promoção da saúde, prevenção e controle de doenças crônicas, especialmente de causas comportamentais e relacionadas aos hábitos de vida, como a alimentação. Entendendo que a educação nutricional e em saúde são fundamentais para os processos de mudança de hábitos, estas também são foco de estudo pelos integrantes do grupo. O grupo possui parceria com pesquisadores nacionais da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo e da Universidade Federal de São Paulo e com pesquisadora internacional do Texas Institute for Kidney and Endocrine Disorders. Busca-se por meio da construção e do compartilhamento de conhecimento interdisciplinar criar estratégias de Promoção da Saúde e aplica-las nos espaços de dentro e fora da Universidade, visando a melhoria da qualidade de vida da população.

GEPSE – Grupo de Estudos em Promoção da Saúde na Escola

Líder do Grupo: Prof. Dr. Jorge Luiz da Silva.

O Grupo de Estudo e Pesquisa em Promoção da Saúde na Escola (GEPSE) está vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Promoção de Saúde (Mestrado e Doutorado) da Universidade de Franca (UNIFRAN). Desenvolve atividades de pesquisa, ensino e extensão relacionadas à temática promoção da saúde na escola, com ênfase em: prevenção da violência escolar, promoção de cultura de paz, atividade física, alimentação saudável, sexualidade, formação de professores e outros temas que subsidiem o cuidado em saúde, o desenvolvimento psicossocial e a qualidade de vida dos estudantes. O GEPSE possui produção técnico-científica em colaboração com pesquisadores de universidades do Brasil e do exterior, bem como com profissionais de diferentes serviços que atendem crianças e adolescentes em idade escolar.  

PEIGE – Grupo de Pesquisa Interdisciplinar em Gerontologia

Líder do Grupo: Profa. Dra. Lílian Cristina Gomes do Nascimento

O Grupo tem se dedicado a investigar e discutir aspectos fisiológicos, psicológicos e sociais relacionados ao processo de envelhecimento humano. É composto por integrantes de diferentes áreas do saber que desenvolvem ações de ensino, pesquisa e extensão centradas por uma abordagem interdisciplinar em gerontologia para identificar e verificar associações de fatores que influenciam a qualidade de vida e bem-estar da pessoa idosa. Os temas abordados estão em consonância com a linha de pesquisa Políticas e Práticas em Promoção da Saúde, estando inseridos no projeto Subsídios para práticas, políticas e avaliações em Promoção da Saúde.

NECAPS – Núcleo de estudos do comportamento alimentar e promoção da saúde
Líder do Grupo: Profa. Dra. Marina Garcia Manochio-Pina.

O NECAPS é constituído por pesquisadores e pós-graduandos do curso de Mestrado e Doutorado em Promoção de Saúde, do curso de graduação em Nutrição da Universidade de Franca e parceria com pesquisador nacional da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo e com pesquisadores internacionais (University of Alabama – EUA e Universidade do Minho – Portugal), e está envolvido em estudo, pesquisa e atividades de extensão nas áreas de comportamento alimentar, imagem corporal, nutrição esportiva, obesidade e transtornos alimentares. As atividades deste grupo estão inseridas na Clínica de Nutrição, um espaço utilizado para o desenvolvimento de atividades de pesquisa e extensão em aspectos nutricionais e psicológicos e, também de assistência à comunidade para pessoas com transtornos alimentares e obesidade.

GEP- Materno Infantil – Grupo de Estudo e Pesquisa em Promoção da Saúde Materno-Infantil

Líder: Profa. Dra. Marisa Afonso Andrade Brunherotti.

O grupo tem como objetivo contextualizar estudos descritivos, analíticos e intervencionais de grupos vulneráveis e específicos, materno-infantil. Neste campo o planejamento e práticas de promoção da saúde e de prevenção. No eixo materno-infantil o diálogo no cenário individual, familiar, social e educacional, na política pública da primeira infância o estudo da governança, da autonomia e da inovação. As parcerias internacionais para a discussão de assuntos da área infantil são: Universidade de Lisboa-Portugal, Faculdade de Motricidade Humana e para a discussão da maternidade é desenvolvida na Universidade de Alicante-Espanha, Departamento Enfermaria Comunitária, Medicina Preventiva e Saúde Pública. Os projetos vinculam aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) 3 e 4 e seus vínculos nos demais objetivos.

PVPS – Grupo de Estudo e Pesquisa de Populações Vulneráveis e Promoção da Saúde

Líder do Grupo: Profa. Dra. Regina Célia de Souza Beretta

Os processos de desigualdade, pobreza e a insuficiência de serviços públicos, vulnerabilizam grupos específicos devido as suas condições socioeconômicas, processos de discriminação e exclusão social. A qualidade de vida e bem estar das pessoas, portanto, vincula-se aos Determinantes Sociais em Saúde. De acordo com Ayres (2003) o termo vulnerabilidade designa grupos ou indivíduos fragilizados, jurídica ou politicamente, na promoção, proteção ou garantia de seus direitos de cidadania. São grupos e pessoas desprotegidas ou institucionalizadas – crianças ou adultos, idosos, pessoas privadas de liberdade no sistema prisional, e mais tarde, grupos étnicos, etnias minoritárias e grupos socialmente desfavorecidos.

Por meio da abordagem multiprofissional e multidimensional, o grupo estuda, pesquisa e desenvolve atividades de pesquisa e extensão,  com reflexões críticas. Composto por graduandos e pós-graduandos, mantém produção científica e parceria nacional e internacional com pesquisadores da UNESP de Franca (FCHS) e de Araraquara (FCLAR), com a Universidade Federal do Piauí (UFPI) e do Pernambuco (UFPE), além do Instituto Superior Miguel Torga, de Coimbra. Desenvolve pesquisas com fomento da FAPESP, na área da saúde dos trabalhadores da Saúde e da Assistência Social. As atividades estão inseridas no Laboratório de Proteção e Inclusão Social (LABPROSOCIAL), criado para manter o debate e buscar estratégias, voltados as temáticas da classe trabalhadora marcados pelo gênero, raça, orientação sexual, na perspectiva da inclusão social. O LABPROSOCIAL, realiza seminários, palestras, rodas de conversas, cursos, além de variados projetos como o Cine Social: reflexões do cotidiano, Cuidando do Trabalhador, Cursinho Popular da Universidade, campanhas e doações, entre outros.

GEP-Saúde Pública – Grupo de Estudo e Pesquisa em Saúde Pública

Líder do Grupo: Profa. Dra. Regina Helena Pires

O grupo tem como objetivo traçar uma interface entre a tecnologia e as práticas e compromissos públicos em torno da produção de saúde. Neste contexto, a equipe multidisciplinar se distribui em três eixos: análise de contaminação microbiológica em sistemas terapêuticos, estudo etnofarmacobotânico de plantas medicinais e políticas e práticas na atenção à saúde, enfatizando a estratégia terapêutica. Os estudos desenvolvidos dentro das temáticas subsidiam a transformação das condições de vida e saúde dos indivíduos e populações, quer se trate de construir novas formas de intervenção ou mecanismos/programas de atenção e cuidado. Articula abordagens quantitativas de maneira integrada às ações e iniciativas inseridas no âmbito da promoção da saúde.

ProEPA – Promoção da Saúde, Epidemiologia e Ambiente

Líder do grupo: Prof. Dr. Salvador Boccaletti Ramos

O grupo de pesquisa em Promoção da Saúde, Epidemiologia e Ambiente tem o objetivo de compreender como os fatores ambientais podem agir na saúde e qualidade de vida das pessoas. É formado por diferentes pesquisadores que buscam atender aos seus objetivos descrevendo e verificando as associações entre indicadores ambientais e epidemiológicos por meio de ferramentas da bioestatística. Possui parceria com pesquisadores nacionais da FCAV-Unesp e internacionais da Universidade de Michigan e Wiscosin Por estar em sintonia com os princípios interdisciplinares e universais da Promoção da Saúde o conhecimento gerado pelo grupo traz informações importantes não só para a comunidade acadêmica, mas também para gestores e demais setores da sociedade.

LACA – Laboratório de Ciência Animal
Líder do Grupo: Prof. Dr. Ricardo Andrade Furtado
Neste laboratório o grupo de pesquisa tem por objetivo promover estudos pré-clínicos com princípios ativos obtidos de origem natural ou sintética para o tratamento de distúrbios inflamatórios, potencial quimiopreventivo e toxicogenético. O grupo é constituído por uma equipe com característica multidisciplinar, envolvendo pesquisadores das áreas de Ciências Biológicas, Bioquímica, Farmacologia e Parasitologia, consolidando parcerias entre os docentes dos cursos de graduação e pós-graduação da UNIFRAN, e de outras instituições, no sentido de promover estudos a partir de fontes naturais.

GEBGE – Grupo de Estudos Bakhtinianos dos Gêneros do Discurso

Více-Líder do Grupo: Profa. Dra. Marilurdes Cruz Borges.

O GEBGE é constituído por pesquisadores, pós-graduandos e alunos de Iniciação Científica do curso de Mestrado e Doutorado em Linguística e em Promoção da Saúde da Universidade de Franca. As atividades deste grupo centram-se nos estudos dos conceitos de Mikhail Bakhtin e do Círculo de Bakhtin acerca do enunciado, do dialogismo, do ato responsável. É um espaço para leitura e discussão do texto teórico que fundamenta a pesquisa qualitativa na área da Análise Dialógica do Discurso e promove a compreensão dos sujeitos e sua relação com o outro.

 

Grupos e/ou temas de estudo: