Impacto Acadêmico e Social


  • Selecione outro idioma

  • Áreas de Concentração:

  • Público alvo:

    .

Nível: Mestrado e Doutorado

Sobre o nosso curso


Impacto Acadêmico

No ano de 2020, o Programa de pós-graduação em Linguística da UNIFRAN auferiu produção intelectual inovadora, considerando a natureza do programa, dentro do desenvolvimento de pesquisas que abrangem teorias do texto e do discurso, e atingiu um impacto forte, dadas as condições do contexto pandêmico que atingiu a sociedade brasileira, considerando o alcance de suas produções e o caráter de ineditismo destas. Destacam-se algumas dessas produções:

Publicação do livro Trajetória das Paixões: uma retórica da alma – Em 2020, o grupo “Pesquisa em Argumentação e Retórica” (PARE) reuniu-se em torno da investigação das emoções humanas, suas marcas textuais e efeitos discursivos, o que resultou na publicação da obra coletiva Trajetória das Paixões: uma retórica da alma. O livro, organizado pelos professores doutores Maria Flávia Figueiredo, Acir de Matos Gomes e Luana Ferraz e publicado pela Universidade de Franca no segundo semestre, traz à baila reflexões pertinentes a qualquer período, mas sobretudo, àqueles em que os sujeitos e as relações sociais se mostram invariavelmente conduzidos por correntes emocionais ou constrangidos pelo estrangulamento dos afetos, tais como o que vivenciamos.

Pesquisa científica “Maternidade e ciência: as vidas que não cabem no Lattes” – A profa. Dra. Luciana C. G. Manzano, ao ser eleita uma das embaixadoras do movimento Parent in Science, como representante mãe e pesquisadora da Região Sudeste do país, pôde trazer luz a uma questão importante – a da maternidade em consonância com a atuação na pesquisa científica – que, não raro, é considerada tema menor dentro das discussões acadêmicas.

O Programa de Pós-graduação em Linguística da Universidade de Franca promoveu, no mês de junho de 2020, o I Ciclo de Entrevistas do PG Linguística, com a realização de três entrevistas com professores referência em nossas áreas de atuação, quais sejam: Profa. Dra. Marina Célia Mendonça (UNESP/FCL-Araraquara), que discorreu sobre o aluno, o professor e o texto no novo contexto educacional, o Prof. Dr. Pedro de Souza (UFSC), que abordou o tema “Canção em tempos de pandemia”, e Profa. Dra. Elizabeth Harkot-de-la-Taille (USP), que falou sobre as “Relações entre paixões de imagem e valores sociais”. À pertinência da proposta, que aproxima a comunidade científica e o público leigo das questões teóricas e problemáticas abordadas nas entrevistas, soma-se a inovação tecnológica, a qual abriu espaço para que pesquisadores, alunos e comunidade pudessem travar um diálogo precioso sobre as questões do nosso tempo, problematizadas teoricamente tendo em vista conceitos e noções oriundos dos campos teóricos constitutivos das áreas de atuação do Programa.

Projeto Universo Prematuro – A participação do Programa de Linguística no projeto “Prática inovadora para seguimento dos primeiros marcos do desenvolvimento infantil: universo prematuro”, que criou o aplicativo Universo Prematuro, coordenado pelo Programa de Promoção de Saúde e financiado pela Fapesp, é inovador no sentido de ultrapassar os limites da abordagem biológica da problemática dos bebês prematuros e suas mães para o campo da linguagem e do discurso, com pesquisas e projetos que abordam temas como corpo, voz, subjetividades e sentidos da maternidade. Esse aspecto, pouco usual em projetos relacionados à prematuridade, normalmente focados na questão de Saúde física, trouxe ao Programa de Pós-graduação em Linguística uma visibilidade inesperada por parte não só de pesquisadores da área de Promoção de Saúde, mas também por parte das mães. Em dezembro de 2020, só para que se tenha uma dimensão numérica do alcance da iniciativa, 854 mães de bebês prematuros já usavam o aplicativo, baixado em países como Brasil, Portugal, Espanha, Argentina e Estados Unidos.

Impacto Social

As atividades de pesquisa e extensão realizadas pelo Programa de Pós-graduação em Linguística beneficiam diretamente a cidade de Franca e arredores. Pesquisas com temáticas voltadas à violência contra a mulher, preconceito racial, homofobia, transfobia etc. são priorizadas em todas as linhas de pesquisa, em diferentes níveis, desde a iniciação científica, mestrado e doutorado. As pesquisas desenvolvidas pelos docentes do Programa também abordam, em sua maior parte, questões sociais.

Trabalhamos em colaboração com instituições e escolas de Franca e região, tais como a Pastoral do Menor, onde realizamos palestras e oficinas. Nas escolas, os cursos de extensão se dedicam à questões referentes ao ENEM, como também a temas atuais que envolvem aprendizagem e saúde psíquica de crianças e adolescentes, inclusive no contexto da pandemia.

O ICOL, Instituto de Capacitação e Orientação Livre, que é uma associação civil com sede na cidade de Franca, no interior de São Paulo, cujo principal objetivo é ajudar, gratuitamente, na capacitação e no desenvolvimento educacional e profissional de jovens e adultos, contou, no ano base, com a realização de 2 cursos até a suspensão das atividades presenciais. Foram eles: “Língua Portuguesa sem pressão e com diversão”, ministrado pela doutoranda Nayara Christina, e um curso voltado para o público feminino, em celebração ao mês da mulher, “Empoderamento através da escrita”, ministrado pela mestranda Camilla Fernandes e pelas doutorandas Nayara Christina e Jéssica Celestino.

Também oferecemos oficinas de metodologia científica abertas a todo o corpo discente da instituição.

Ler Mais
Mais informações

Secretaria de Pós-Graduação

  • Áreas de Concentração:

  • Público alvo:

Coordenação do Curso