Internacionalização


  • Selecione outro idioma

Impacto acadêmico e social


Embora o PG Ciências seja relativamente “jovem”, o Programa continua ampliando cada vez mais seus aspectos de internacionalização, as suas ações sociais, incluindo o envolvimento com o ensino básico e fundamental e as parcerias com empresas e setores produtivos do Brasil e do exterior, assumindo assim, um importante protagonismo regional.
 
 
Internacionalização
 
A ampliação da visibilidade internacional do Programa de Pós-Graduação em Ciências (PG Ciências) é uma das estratégias mais importantes para promover o crescimento e a evolução qualitativa do Programa. Diversas ações têm sido implementadas para ampliação das colaborações IES internacionais, tais como:
 

• Formalização das colaborações com a inserção de pesquisadores estrangeiros em projetos de pesquisas que são enviados para as Agências de Fomento à Pesquisa;
• Missões de trabalho de docentes do PG Ciências em grupos de pesquisa no exterior;
• Missões de trabalho de alunos de mestrado/doutorado que executam parte de suas pesquisas no exterior;
• Recepção de alunos estrangeiros regularmente matriculados no PG Ciências;
• Palestras proferidas por pesquisadores internacionais em visita ao PG Ciências;
• Apresentação oral de trabalhos em congressos internacionais (docentes ou discentes do PG Ciências);
• Participação de docentes em corpo editorial de revistas científicas reconhecidas internacionalmente;
• Palestras ou cursos/disciplinas proferido(a)s em congressos ou IES Internacionais (invited speaker);
• Participação como membro colaborador em projetos internacionais financiados por agências internacionais de fomento à pesquisa;
• Participação em assessorias científicas de Empresas internacionais;
• Participação como chairman em congressos ou reuniões internacionais;
• Intercâmbios com discentes de IES internacionais;
• Patentes depositadas internacionalmente;
• Eventos Científicos realizados na UNIFRAN com participação de pesquisadores internacionais.
 
O PG Ciências mantém projetos de pesquisa com Instituições e Pesquisadores de diversas partes do mundo, são mais de 18 parcerias com Estados Unidos, França, Chile, Portugal, Espanha, Bélgica, Inglaterra, Egito, entre outras.
 
 
Interação com o setor produtivo
 
O relacionamento de discentes e docentes do PG Ciências com empresas e indústrias ganhou grande impulso nos últimos anos e tem obtido êxito na captação de recursos financeiros, na realização de projetos e na interação e integração com os setores empresariais, desenvolvendo produtos e realizando “transferência de tecnologia”.

Foram realizadas parcerias com grandes empresas, diversas patentes foram depositadas, concedidas e licenciadas (no Brasil e no exterior) e produtos foram desenvolvidos e ainda hoje estão sendo comercializados. Além disso, projetos PIPE (Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas- FAPESP) e PITI (Parceria para Inovação Tecnológica- FAPESP) foram financiados pela FAPESP, e um número relevante de bolsas de pesquisa advindas da indústria financiaram alunos de Iniciação Científica, Mestrado, Doutorado e Pós-Doutorado.

O PG Ciências e a UNIFRAN têm parcerias também com o SEBRAE-SP para o desenvolvimento da Cultura Empreendedora no ambiente acadêmico e em 2019 a Universidade foi contemplada com a 1ª posição nos quesitos “Cultura Empreendedora” e “Infraestrutura” pelo “RANKING DE UNIVERSIDADES EMPREENDEDORAS 2019”. Ações de solidariedade e cooperação com Associações também integram as atividades do PG Ciências em âmbito nacional. Nesse escopo, o Laboratório de Genética e Biologia Molecular da UNIFRAN participou de um projeto de pesquisa aprovado pela Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Sistema CEP/CONEP), diretamente ligada ao Conselho Nacional de Saúde, órgão do Governo Federal.
 
 
Inserção Social
 
Os docentes e pós-graduandos do Programa de Pós-graduação em Ciências participam efetivamente de projetos que contribuem para a elaboração de ações que visam melhorar a formação de alunos e professores da rede pública da cidade de Franca. Temas centrais como “Intervenções humanas e desiquilíbrios ambientais” e “Geração de Energia” são usados como motivadores e, juntamente com as “Feiras de Ciências”, propiciam um ambiente de enriquecimento científico e estimulam estratégias pedagógicas úteis no processo de ensino-aprendizagem.

A criação do “Projeto Cientizando” e a participação no “Projeto Franca Sustentável”, embasado nas iniciativas da Organização das Nações Unidas (ONU), são exemplos de ações de inserção social realizadas pelo Programa, as quais são complementadas por inúmeras outras atividades envolvendo os mais diversos públicos e setores da sociedade.

Impacto acadêmico e social