Especialistas apontam os desafios e orientam sobre a gravidez no período da pandemia

Professoras da UNIFRAN, Dra. Marisa Afonso Andrade Brunherotti e Dra. Luana Carolina Rodrigues Guimarães, orientam sobre os cuidados gestacionais e apontam que uma rotina balanceada é essencial para manter o […]

22/09/2020

Professoras da UNIFRAN, Dra. Marisa Afonso Andrade Brunherotti e Dra. Luana Carolina Rodrigues Guimarães, orientam sobre os cuidados gestacionais e apontam que uma rotina balanceada é essencial para manter o bom equilíbrio do corpo neste momento

A pandemia do coronavírus não impactou o crescimento da população, mas mudou a rotina de todos, em especial, de gestantes. Famílias se depararam com uma nova realidade e tiveram que refazer suas rotinas de consultas e cuidados.

Cuidados gerais:

Segundo a Dra. Marisa Afonso Andrade Brunherotti, docente do curso de Mestrado e Doutorado em Promoção da Saúde da UNIFRAN, diante da pandemia, é necessário que a gestante preocupe-se ainda mais com a higiene pessoal, sempre, utilizar máscara facial e principalmente, optar pelo distanciamento social, seguindo todas as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (FEBRASGO).

Na gestação a imunidade da mulher sofre mudanças, por isso os cuidados devem ser mais rígidos, sendo essencial:
-Manter uma alimentação equilibrada;
-Praticar de atividade física acompanhada;
-Respeitar a hora do sono e manter uma rotina adequada.

 Cuidados no início da gestação:

Em relação aos cuidados no início da gestação, a médica ginecologista e obstetra e docente do curso de Medicina da UNIFRAN, Luana Carolina Rodrigues Guimarães, aponta que na gravidez, os cuidados devem aumentar em relação a higiene, com exemplo, a manipulação dos alimentos, atenção no contato com alguns animais. “O primeiro trimestre é o período de formação do embrião, assim o cuidado com a futura mamãe deve ser redobrado neste período como fator de proteção”.

Consultas médicas do pré-natal:

Para garantir a saúde materno-infantil são necessários alguns cuidados, sendo o ideal:
-Consultas com hora marcada para evitar aglomerações;
-Priorizar locais bem ventilados;
-Uso contínuo de máscara;
-Higiene com álcool em gel.
Importante: diante de qualquer sinal ou sintoma da Covid-19, deve ser realizado o teste para descartar ou confirmar o quadro.

Cuidados na internação para o parto:

A Dra. Marisa Brunherotti acrescenta ainda sobre as medidas de segurança em relação a internação para o parto:
-O médico prioriza a alta precoce, isto é, o mais rápido possível, de forma individualizada;
-Está proibida a visita durante a internação e o acompanhante deve, preferencialmente, ser sempre o mesmo;
-Estão proibidos fotógrafos ou qualquer outra pessoa para assistir o parto.

Por fim, ressaltam ainda, que as gestantes que estão no grupo de gestação de alto risco, como as que possuem pressão alta, sobrepeso e diabetes, a prevenção deve ser maior, e algumas vezes as pacientes necessitam da possibilidade de trabalhar de forma home office, manter o máximo de distanciamento social e optar por uma rotina balanceada. É importante que todas as gestantes somente utilizem medicamentos que foram orientados pelo profissional da saúde.