Notícias

Unifran: novo estacionamento deverá melhorar o fluxo no campus universitário


31
January 2008

Atrasadosmatéria publicada no Jornal Diário da Franca – 31/01/2008

A partir de 11 de fevereiro, inicio das aulas na Universidade de Franca – Unifran, alunos terão um novo espaço para estacionarem seus veículos. A Unifran ofereceu estacionamento dentro do próprio campus durante vários anos, mas de agora em diante deixará de disponibilizar os espaços, destinados a funcionários, professores e visitantes.

A empresa Zitopark está construindo ao lado da Universidade um estacionamento que proporcionará maior segurança aos veículos dos alunos. A capacidade do estacionamento é de aproximadamente 750 vagas. A empresa oferecerá total segurança ao veículo e aos bens nele existentes. “Inclusive, durante o mês de fevereiro os alunos poderão conhecer o espaço e estacionar totalmente gratuito”, disse Fausto Sabino, responsável pelo empreendimento.

O investimento para a segurança dos veículos dos alunos não será tão alto. O valor estipulado pela empresa é de R$ 30,00 mensais. “ E temos ainda planejamento de algumas ações promocionais”, disse Fausto.

Através de nota, a assessoria de imprensa da Unifran explicou que “desde 1999, quando se deu o ápice quantitativo dos cursos da Unifran, e, conseqüentemente dos prédios e alunos, o número de vagas no estacionamento do campus começou a reduzir, tornando complicado a acomodação dos 25% de alunos (aproximadamente) que chegam até a universidade com veículos próprios. No período noturno o transtorno ganha proporções, com o fluxo maior de veículos. A Universidade reconhece o desconforto que é para o aluno em investir em mais este serviço, mas devido aos incidentes que foram contabilizados, incluindo a vida de um professor, atropelado dentro do campus, não havia outra opção”.

Existia também um comprometimento na área de segurança, como carros danificados e atritos entre motoristas e vigilantes e aí a nota segue dizendo que “a universidade, sem condições de regulamentar, cuidar e administrar essas questões — já que seu foco e prioridade são os serviços educacionais —,  repensou o espaço que existe ao lado da Universidade, e a partir daí conversas foram desencadeadas com a empresa Zitopark, que é do ramo e está apta a oferecer serviços com a segurança e administração devida”, termina a nota.

Segundo algumas pessoas ouvidas na universidade o número de veículos que circulava dentro do campus chegava a colocar a vida das pessoas em risco. Professores e funcionários continuarão a estacionar seus carros no espaço da Unifran. A área liberada pelos veículos dos alunos garantirá mais conforto e segurança aos alunos, funcionários e visitantes, além de permitir novas edificações demandadas pelo ensino.

A decisão da universidade não é um fato isolado. Algumas instituições de ensino não oferecem estacionamento e outras estão se planejando numa tentativa de terceirizarem o estacionamento, inclusive universidades públicas, como  a USP de São Paulo.