Notícias

Unifran assina convênio de colaboração universitária com a renomada Universidade de Salamanca


03
February 2014

250_114.jpgProsseguindo com a Política de Internacionalização da Unifran (PI), a reitora, Prof.ª Dra. Ester Regina Vitale, assinou um importante convênio de colaboração internacional com a Universidade de Salamanca.

Trata-se de um projeto de desenvolvimento e fortalecimento das atividades de pesquisa e culturais intercampi. Um dos objetivos básicos deste acordo é aprimorar a qualidade de discentes e docentes, tanto da graduação como da pós-graduação, que poderão, no futuro, beneficiar-se de intercâmbios, palestras, cursos rápidos e outras atividades. O convênio assinado entre a reitora da Unifran e o reitor da Universidade de Salamanca, Dr. Daniel Hernández Ruipérez, estabelece dezenas de oportunidades de colaboração.

“A colaboração bilateral entre estas duas universidades já contempla projetos de pesquisa vinculados ao programa de pós-graduação em ciências, com o apoio da CAPES ou FAPESP. Estes projetos propiciaram o intercâmbio de docentes e discentes entre estas instituições, gerando o fortalecimento dos recursos humanos e elevando a qualidade da pesquisa gerada na pós-graduação da Unifran”, exalta a Prof.ª Dra. Katia Jorge Ciuffi, pró-reitora de pesquisa e pós-graduação da Unifran e coordenadora brasileira dos projetos.

A reitora Dra. Ester Regina Vitale ressalta a importância dos acordos internacionais de intercâmbio cultural, principalmente com uma instituição renomada como Salamanca, que se destaca como centro de excelência europeu de estudos.  Fundada em 1218, Salamanca é a universidade mais antiga da Espanha e a terceira da Europa. A internacionalização permite, como já mencionado, complementar a formação dos discentes e docentes e com isto abrir oportunidades de atualização para enfrentar com eficácia as novas demandas do mercado. O programa governamental Ciências sem Fronteiras já tem apresentado excelentes resultados na Unifran: os alunos retornam com novas ideias e expectativas em relação à políticas educacionais, inovação e efetividade.

O sucesso do último encontro dos bolsistas de iniciação científica, realizado em novembro de 2013, foi valorizado por discentes que apresentaram seus trabalhos (painéis e orais) em inglês, de forma moderna e revolucionária. Em 2014, outras políticas de internacionalização se fortalecem e apresentam perfeita adequação à vinda de estrangeiros ao IES. Para programas de pós-graduação, a Unifran vai oferecer, inclusive, disciplinas em inglês.

A Universidade de Franca cumpre assim o seu papel na cultura e na educação do país, oferecendo pesquisas e cursos de excelência e de altíssimo nível.