Notícias

Projeto aprovado pela Fapesp tem o intuito de estudar efeito anti-parasitário de substâncias isoladas de pimenta asiática e seus derivados semi-sintéticos


06
June 2008

marcio250_2.jpgMais um projeto do grupo de pesquisa em produtos naturais da Unifran foi aprovado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo – Fapesp.

O projeto intitulado "Isolamento, obtenção de alguns derivados semi-sintéticos e avaliação da atividade biológica de algumas lignanas
isoladas de sementes secas de Piper cubeba" recebeu a aprovação no último dia 26 de maio. De acordo com o Prof. Dr. Márcio Luís de Andrade e Silva, o objetivo principal do trabalho é estudar o efeito anti-parasitário de derivados de novas substâncias isoladas de sementes de pimenta asiática.

"Esta pimenta é estudada pelo grupo desde 1998, onde conseguimos obter vários derivados e dos quais um será utlizado como protótipo de
medicamento contra a doença de Chagas e outro como protótipo contra a esquistossomose. Este projeto recem aprovado, estudará novas moléculas
com grande potencial antiparasitário, onde podemos aumentar ainda mais o arsenal contra essas doenças negligenciadas", diz o professor.

O projeto irá envolver alunos de graduação, mestrandos e doutorandos, bem como outros pesquisadores do grupo de Pesquisa em Produtos Naturais e será executado com a colaboração dos Pesquisadores Profs. Drs. Ademar da Silva Filho, Wilson Cunha, Rosangela da Silva, entre outros.