Notícias

Professora de Fisioterapia desenvolve projeto de Doutorado para prevenir doenças cardiovasculares


17
April 2008

suco250.jpgA professora do curso de Fisioterapia Cynthia Kállas Bachur, está desenvolvendo um projeto de Doutorado associado à ingestão de suco de uva e prática de exercício físico como forma de prevenção de doenças cardiovasculares, sob orientação da professora Dra. Maria Suely Nogueira da USP/Ribeirão Preto.

Intitulado "Influência da ingestão do suco de uva associado ao exercício físico no perfil lipídico, hemodinâmico e antropométrico dos indivíduos com dislipidemia", a pesquisa tem como objetivo avaliar o efeito do exercício físico durante um programa de reabilitação cardiovascular associado a ingestão do suco .

Cynthia explica que na maioria dos países europeus, o consumo elevado de gordura saturada foi relacionado com a alta mortalidade por doenças cardiovasculares, como exemplo: o Infarto do Miocárdio. Mas, na França, verificou-se que há uma baixa mortalidade relacionada à essa doença pelo alto consumo de vinho tinto. Essa curiosidade justifica a investigação dos componentes da uva, no qual traz efeitos benéficos para o sistema cardiovascular.

A pesquisa, iniciada em primeiro de abril na Clínica de Fisioterapia da Unifran – Departamento de Cardiologia , é desenvolvida com 20 mulheres sedentárias, na faixa dos 45 anos, divididas em dois grupos. O primeiro será submetido à ingestão de 250ml de suco de uva antes da realização do exercício em bicicletas ergométricas, três vezes por semana (2ª, 4ª e 6ª feira no período da manhã), com duração de 12 semanas, tempo este mínimo e suficiente para mudar o perfil lipídico sangüíneo. O segundo grupo será apenas encaminhado para a mesma prática de exercícios físicos pelo mesmo período que o anterior, mas sem a ingestão do suco.

Com isso, espera-se que os indíviduos tenham seus perfis lipídicos modificados a ponto de prevenir futuros eventos no coração. "Sem dúvida é um trabalho de interesse geral que pode diminuir o risco de doenças cardiovasculares e mais uma alternativa de um tratamento não farmacológico", finaliza a professora. A Vinícola Perini, de Farroupilha, RS, é parceira no projeto e responsável pela distribuição do suco, elaborado a partir de uvas americanas Isabel e Bordô.