Notícias

Pesquisa Unifran: nanotecnologia no tratamento do Câncer de Pele


25
March 2015

Um grupo de pesquisadores do programa de Doutorado em Ciências da Unifran, liderado pelos professores Eduardo José Nassar e Denise Crispim Tavares, desenvolveu um estudo utilizando sistemas de nanopartículas, que pode ser um grande avanço na medicina para o tratamento de câncer.

A técnica consiste na combinação das nanopartículas com a cisplatina (composto utilizado na quimioterapia anticâncer). Esta fusão faz o medicamento atingir o núcleo da célula, matando o câncer e reduzindo os efeitos colaterais provocados pelo medicamento.  “Hoje existem outros tipos de nanopartículas para combater o câncer de pele muito utilizados pelo mundo todo, mas essa descoberta inova o tratamento com um nível de 60% a menos dos efeitos colaterais existentes até momento”, afirma Nassar.

Os testes utilizando modelos de melanoma mostram que o composto reduziu significativamente os tumores e não causaram efeitos colaterais como aqueles observados em animais tratados somente com o quimioterápico Cisplatina. “Este sistema de liberação apresenta resultados promissores. Estudos adicionais já estão em andamento para que as nanopartículas possam ser utilizadas em futuras aplicações clínicas”, argumenta Nassar.

O assunto, de grande interesse científico, foi notícia em algumas mídias regionais, confira:

 

notia-pele

A equipe é composta por alunos/pesquisadores, de cursos de Graduação e do PG em Ciências. Natália Helen Ferreira, Ricardo Andrade Furtado, Bárbara Aymi Miura, Saulo, Francisco e Luis Felipe são alguns integrantes do grupo que desenvolvem o estudo.