Notícias

Importante participação do Mestrado em Linguística no IV CIAD


05
October 2015

O IV CIAD – Colóquio Internacional de Análise do Discurso, que aconteceu em setembro na UFSCar, em São Carlos, contou com participação significativa do Programa de Mestrado em Linguística da UNIFRAN.

O GTEDI – Grupo de Estudos do Texto e do Discurso, do Mestrado em Linguística, apresentou seus trabalhos relativos à linha do Discurso. A Profa. Dra. Vera Lucia Rodella Abriata e sua orientanda Jéssica Celestino apresentaram a comunicação “Estratégias enunciativas em poemas de Manoel de Barros: um estudo semiótico”; a Profa. Dra. Naiá Sadi Câmara e sua orientanda Flávia Furlan Granato apresentaram o trabalho “O professor contemporâneo e suas práticas comunicativas: novas formas de vida”; Aline Monteiro Campos Garcia, orientanda da Profa. Dra. Marília Giselda Rodrigues, mostrou parte de sua pesquisa na comunicação “Polêmica interdiscursiva em torno do projeto de Niemeyer para a Catedral Cristo Rei, em Belo Horizonte”; a Profa. Dra. Luciana Carmona Garcia Manzano e seu orientando Adilson Gomes apresentaram o trabalho “Operador de negócios? A constituição do sujeito gestor pelo discurso da revista executiva HSM Management”; e Valéria de Rezende Pereira, sob a orientação da Profa. Dra. Glenda Valim de Melo (professora colaboradora do Programa de Mestrado em Linguística da UNIFRAN e professora adjunta da UNIRIO), apresentou a comunicação “Posicionamentos interacionais nas narrativas do blog INTEGRA”.

Outros quatro alunos do Mestrado da UNIFRAN, orientados pela Profa. Dra. Luciana Carmona Garcia Manzano, participaram da sessão de painéis. Carlos Henrique Silveira Rattis apresentou o painel “A violência no discurso político da campanha presidencial de 2014: combates/embates no Horário Gratuito de Propaganda Eleitoral”; Fernanda Bufoni apresentou sua pesquisa no painel intitulado “A constituição da resistência pelo discurso do jornal O Estado de São Paulo no movimento de junho de 2013”; Graciela Teixeira Assed da Silva mostrou o painel “Corpo e discurso: um estudo sobre o filme Cinderella (2015)”; e Isaac D’Leon Almeida expôs “Um século de abolição: marcas da senzala na construção da imagem do negro na publicidade brasileira contemporânea”.