Notícias

Alunos do Mestrado em Ciências têm seus projetos de Doutorado Direto, da FAPESP, aprovados.


06
March 2013

FAPESP250.jpgOs alunos do programa de Pós-graduação, Mestrado em Ciências, da Universidade de Franca, Marcos Gomide Tozatti e Beatriz Morante Campos, tiveram seus projetos de Doutorado Direto, da FAPESP (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo), aprovados. Sendo assim, os mesmos cursarão Doutorado na Unifran com bolsa FAPESP, sem terminar o Mestrado. O programa de Doutorado Direto tem sido estimulado pela FAPESP e é direcionado a alunos que se destacam no Mestrado.
O projeto de pesquisa do aluno Marcos é intitulado como “Busca por substâncias naturais com potencial aplicação frente a bactérias resistentes” e é orientado pelo Prof. Dr. Wilson Roberto Cunha do Grupo de Pesquisas em Produtos Naturais da Universidade de Franca. 
De acordo com Marcos, o objetivo do projeto é isolar substâncias químicas presentes em espécies vegetais, bem como avaliar a sua atividade antimicrobiana frente a bactérias resistentes que são as grandes causadoras de infecções hospitalares, tendo como perspectiva a obtenção de novos fármacos modernos, bem como eficientes meios de ministrá-los.
O projeto de pesquisa da aluna Beatriz é intitulado como ”Tratamento a laser de revestimentos a base de óxido de índio e estanho obtidos via sol-gel em diferentes substratos” e é orientada pelo Prof. Dr. Eduardo José Nassar do Grupo de Pesquisa Sol-Gel da Universidade de Franca.
Segundo Beatriz, a pesquisa desenvolvida tem como principal objetivo utilizar a metodologia sol-gel não hidrolítica para a preparação de filmes finos de óxido de índio dopado com estanho (ITO) em substrato de vidro, utilizando a técnica “dip-coating”: técnica de mergulho do substrato na solução. Os objetivos específicos para aplicação do material é para semicondutores.