Notícias

A psicologia como ferramenta na organização das empresas (especialização)


22
February 2006

psicologia250.gif

As pessoas são a parte mais importante do sucesso das empresas. Um jargão mais do que conhecido. Por que então, empresas ainda batem cabeça na hora de colocar a questão em prática? Essa é uma pergunta, dentre várias outras, que o profissional especializado em psicologia organizacional procura responder.

A professora Maria Luiza Costa, responsável pela especialização em Psicologia Organizacional, na Universidade de Franca – Unifran explica um pouco sobre esse tema que modifica, ou não, os processos estruturais de uma empresa.

Fale um pouco a respeito do que é psicologia organizacional e qual o perfil das pessoas que procuram essa especialização.

A psicologia organizacional objetiva promover o ajustamento harmônico entre as pessoas e os processos organizacionais. O perfil das pessoas que procuram este curso são as que atuam em áreas de recursos humanos, ocupantes de cargos de liderança, gestores e supervisores ,e ainda profissionais que se interessam pelo estudo do comportamento humano no ambiente organizacional.

Sabe-se que o sucesso ou fracasso de uma empresa ou produto está diretamente ligado ao ser humano como parte fundamental do processo. O que a psicologia organizacional pode fazer para cuidar desse assunto?

Quem faz resultados em uma empresa são pessoas.Este fato é ainda muito desprezado por algumas empresas, o que vem a causar conseqüências de baixa produtividade, desperdícios, acidentes, retrabalhos etc.
A psicologia organizacional auxilia o trato desta questão , instrumentalizando os profissionais para conciliarem as necessidades das pessoas e as das empresas.

Como as empresas tratam a questão do bem estar do funcionário e sua valorização?

É possível observar a maneira como a empresa interpreta esse bem estar através das políticas praticadas em relação as pessoas. E isto envolve não só as condições físicas de trabalho, benefícios sociais oferecidos , mas sobretudo os estilos de liderança praticados, a
qualidade dos relacionamentos existentes e o modo como são tratados os conflitos interpessoais que existem em qualquer lugar onde convivam pessoas.

Cite algumas aplicações da psicologia organizacional dentro da empresa.

Aplica-se em todos os aspectos em que o desempenho esperado das pessoas possa ser analisado. E são praticadas nas políticas de recursos humanos adotadas, quer seja no
enfoque mais tradicional que envolve recrutamento, seleção, treinamento,desenvolvimento, acompanhamento e avaliação do desempenho, promoções até no desligamento. Modernamente, encontramos esta aplicação estendida aos estudos sobre causas de “stress”, na implantação dos programas de qualidade e excelência etc.

A falta de profissionais qualificados no mercado de trabalho é um problema a ser enfrentado pelos recursos humanos. O que está sendo feito em relação à qualificação dos funcionários para mantê-los na empresa?

psicologia.gifNeste aspecto, ainda encontramos posicionamentos diferenciados nas organizações.
Enquanto as maiores adotam a filosofia de “educação corporativa”, com ações que qualificam, especializam e atualizam, outras optam o paradigma de que se “qualificarem, formarão o profissional para o mercado”.
Em muitos casos, o profissional de RH precisa sensibilizar as empresas para estes comportamentos adotados . É muito importante ressaltar que não basta apenas qualificar, é preciso criar condições de motivação. E essa é uma outra grande questão.

Uma dica para os interessados nessa especialização.

Eu diria que eles vão encontrar na Unifran, um programa que contempla não só o conteúdo teórico, mas também a prática do mesmo. Algo interessante que temos observado é que muitos dos alunos saem com um novo emprego conquistado. Mais informações sobre o conteúdo do curso podem ser obtidas pelo 0800 341212.